Universidade Federal de Santa Catarina
4ª Semana de Ensino, Pesquisa e Extensão

Área Temática: Saúde
Título: Estudando o procedimento técnico de escovação das mãos realizada pelos profisionais da saúde em un Centro Cirúrgico Pediátrico
Autor:

Maíra Melissa Meira

E-mail:

mairamel@hotmail.com

Colaboradores:

Laboratório:

Centro:

Centro de Ciências da Saúde

Departamento:

Departamento de Enfermagem

Resumo: ESTUDANDO O PROCEDIMENTO TÉCNICO DE ESCOVAÇÃO DAS MÃOS REALIZADA PELOS PROFISSIONAIS DA SAÚDE EM UM CENTRO CIRÚRGICO PEDIÁTRICO

*MEIRA, MAÍRA MELISSA

Introdução: A degermação das mãos é uma técnica que consiste na escovação criteriosa e sistematizada das mãos utilizando uma escova com cerdas macias, estéril, devidamente embebida em solução anti-séptica degermante. O principal objetivo é obter a máxima redução da flora microbiana sobre a pele das mãos e dos antebraços. Existem alguns passos que devem ser seguidos criteriosamente para a eficácia do procedimento, porém existe divergência de autores quanto ao tempo de escovação e número de movimentos em cada região a ser escovada, porém, praticamente todos concordam que a escovação deve ser iniciada a partir do leito ungueal, passando pelos dedos, interdigitais, dorso e palma das mãos e antebraço até o cotovelo. Os movimentos devem obedecer um único sentido, da ponta dos dedos até o cotovelo, explorando toda a superfície da pele. Importante lembrar que durante todo o procedimento, as mãos deverão permanecer elevadas em relação aos cotovelos, o que impede que haja refluxo de solução para as mãos. Metodologia: O estudo realizado foi exatamente no sentido de perceber a técnica realizada pelos profissionais da saúde atuantes no Centro Cirúrgico de um hospital público, pediátrico de Santa Catarina, entre os dias 8 e 28 de abril de 2004. Resultados: Pode-se observar que a técnica de escovação das mãos não vem recebendo o seu devido valor, pois dos 15 profissionais avaliados, 66% realizaram a técnica de escovação das mãos sem qualquer tipo de princípio técnico fundamentado e os demais 34% realizaram a técnica na seqüência de escovação correta, princípios de assepsia seguidos porém algumas deficiências em relação ao tempo. Dentre a categoria profissional, dos 66% que não seguiram os princípios da escovação corretamente, 60% dos profissionais que são da classe médica. Conclusão: Este estudo vem contribuir para alertar e rever os procedimentos de cada profissional e disseminar o conhecimento técnico/científico entre os mesmos, havendo um maior controle da infecção em decorrência deste ato, atenuando assim gastos posteriores relacionadas à infecção, como uso de antibióticos e período de internação prolongado.















_________________________
*Professora substituta da disciplina – Enfermagem nas Intercorrências Cirúrgicas e de Urgência da UFSC, Rua Julio Moura, 74, centro, Florianópolis, SC
Palavras-chave:

escovação das mãos, técnica, profissionais da saúde