Universidade Federal de Santa Catarina
Anais da 5ª Semana de Ensino, Pesquisa e Extensão

De 14 a 17 de Setembro de 2005

Trabalho

Área Temática: Educação
Título: Lei de Natureza/ Leis Civis/Contratualismo de Thomas Hobbes
Nome do Grupo: Projeto Atelier
Apoio financeiro: não tem
Apoio de Editais internos da UFSC: Nenhum
Instituicoes Envolvidas: Colégio: Professor Anísio Teixeira
Tipo de Exposição: Painel
Nome do Autor:

José Armando Delcastanher

e-mail do Autor:

jose.armando@tvglobo.com.br

Fone do Autor:

(48)9101-7658

Unidade/Setor:

Curso:

FILOSOFIA (noturno)

Centro:

CFH

Co-autor(es):

Dóris Roncarelli

Colaborador(es):

Aguinaldo Maranho do Amaral, Amanda Delcastanher, Norberto Etges, Araci Hack Catapan

Resumo:
O recorte deste trabalho será a apresentação do Planejamento e Implementação das aulas do estágio obrigatório do Curso de Licenciatura em filosofia realizado em 20051. O referencial teórico está relacionado com a Obra “O Leviatã” de Thomas Hobbes. O conceito chave desenvolvido com os alunos foi a Lei de Natureza versus Leis Civis (contratualismo). As aulas foram administradas com base no cronograma do plano de ensino desenvolvido. Ao iniciar a primeira aula expliquei o porquê da minha presença como estagiário, apresentei o plano de aula/assuntos a serem tratados, a forma de como seriam conduzidas às aulas, trabalhamos as questões relacionadas sobre a invasão de terras, conforme a percepção de cada um sobre este assunto. Houve uma participação de 100% da turma e a totalidade disse ser a favor da invasão de terras. Ao longo do trabalho fomos desenvolvendo aproximações com Thomas Hobbes e a sua bibliografia, bem como o convívio dos homens no estado de natureza, e temas ligados a Acordos, Patrimônios, Segurança. A abordagem sobre o estado de natureza despertou nos alunos muita curiosidade. Procurei dar exemplos do nosso cotidiano. A participação de todos foi excelente. Os temas desenvolvidos foram afixados no quadro através de pôsteres. Continuamos o desenvolvimento das aulas apresentando os tópicos sobre Leis civis/contrato, segundo Thomas Hobbes como a criação do Estado, Forma de governo/Monarquia, Poder do soberano. Neste momento da explicação, os alunos começaram a perceber a importância das Leis Civis para a ordem e progresso da sociedade. Para finalizar, apliquei um questionário com a seguinte pergunta “Com base no conteúdo apresentado de Thomas Hobbes, sobre Lei de Natureza e Leis civis/contrato, você é a favor ou contra a invasão de terra?” Por quê? As repostas foram: 70% contra e 30% a favor da invasão de terras. Levando-se em consideração que ao apresentar o pôster na primeira aula todos disseram ser a favor da invasão, considero um bom aproveitamento, pois a maioria dos alunos começou a refletir sobre verdades antes absolutas.
Palavras-chave:

Lei de Natureza,Leis Civis/Contratualismo,Thomas Hobbes