Universidade Federal de Santa Catarina
Anais da 5ª Semana de Ensino, Pesquisa e Extensão

De 14 a 17 de Setembro de 2005

Trabalho

Área Temática: Saúde
Título: ATLETISMO PARA PORTADORES DE NECESSIDADES ESPECIAIS NO PROJETO SÁBADO NO CAMPUS NA UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA CATARINA
Nome do Grupo: Núcleo de Estudos em Educação Física Adaptada
Apoio financeiro:
Apoio de Editais internos da UFSC: PROEXTENSÃO
Instituicoes Envolvidas: AFLODEF ACIC
Tipo de Exposição: Painel
Nome do Autor:

LUCAS OLIVEIRA ROCHA

e-mail do Autor:

luciano@cds.ufsc.br

Fone do Autor:

(48) 96029906

Unidade/Setor:

Curso:

EDUCACAO FISICA

Centro:

CDS

Co-autor(es):

Luiz Augusto da Silva Rodrigues Jr. Maurício Lima de Paula Luciano Lazzaris Fernandes Jolmerson de Carvalho

Colaborador(es):

Eduardo

Resumo:
A prática esportiva é fator muito importante na saúde e no bem estar de todas as pessoas, com os portadores de necessidades especiais esta importância é ainda maior. O atletismo é um dos esportes mais praticados pelos Portadores de Necessidades Especiais (PNEs), pois é um esporte que utiliza movimentos naturais do ser humano. No Centro de Desportos da UFSC é desenvolvido o projeto Sábado no Campus, o qual foi criado para atender a esta população pertencente a Grande Florianópolis. O projeto tem como objetivo proporcionar a prática do atletismo como meio de inclusão social, manutenção da saúde, alto rendimento, assim como, forma de lazer. O trabalho é realizado as segundas, quartas e sextas-feiras a partir das oito e meia (08:30) da manhã através de atividades de iniciação e aprimoramento da técnica do atletismo, realizando exercícios adequados às dificuldades e limitações. As aulas são desenvolvidas da mesma forma que são realizados os treinamentos para não-deficientes, com as adaptações necessárias para a deficiência de cada praticante. O aluno aprende os movimentos e métodos corretos de execução das tarefas delegadas, onde professor e aluno têm uma maior interação, pois os praticantes necessitam de uma maior atenção para poder vencer as barreiras do esporte e da vida. Esse procedimento é ministrado por três acadêmicos do curso de Educação Física da Universidade Federal de Santa Catarina, um colaborador de outra instituição e mais um coordenador. Os quais trabalham com seis atletas do naipe masculino, sendo três pessoas com deficiência física e três com deficiência visual. O resultado é visto na melhoria da performance dos atletas de alto nível que participam de competições regionais e nacionais obtendo resultados como 2° e 3° lugares no arremesso de peso e 2° e 3° lugares na prova de 1500m em etapas nacionais para deficientes visuais, assim como resultados expressivos obtidos pelos DFs e, principalmente, uma melhor qualidade de vida para os praticantes, pois a prática não visa somente alto rendimento. Portanto, é de grande importância que os portadores de necessidades especiais participem destas atividades. Está claro que, através delas, o praticante tem um maior desenvolvimento físico, motor, psicológico, além do social, que é uma das maiores dificuldades das pessoas que possuam alguma deficiência. Os PNEs tem uma ótima oportunidade de realizar atividades físicas oferecidas por este projeto, que é referência no estado e totalmente gratuito.
Palavras-chave:

Educação Física Adaptada,Atletismo,Pessoa com Deficiência